Hertha Berlim – História, estatísticas e conquistas

Hertha Berlim – História, estatísticas e conquistas

Antes de tudo, o Hertha Berlim foi fundado em 25 de julho de 1982, na cidade de Berlim, capital da Alemanha. A origem do nome vem de um navio que o pai de um dos fundadores tinha. A torcida do Hertha é considerada uma das mais fanáticas do país, apesar de tantos anos sem títulos expressivos.

Seu estádio se chama Estádio Olímpico de Berlim (Olympiastadion), com uma capacidade de mais de 80 mil torcedores. Por fim, o estádio foi palco da final da Copa do Mundo, na Alemanha, em 2006, entre França x Itália

Trajetória do Hertha Berlim: fundação, conquistas e ascensão

Decerto, o Hertha teve um início meteórico, conquistando títulos importantes. Apesar de chegar em seis finais consecutivas do Campeonato Alemão de 1926 a 1931, o clube conseguiu apenas duas Bundesliga na história, 1930 e 1931.

Logo após, o clube atingiu um jejum de títulos imenso, voltando a ganhar somente em 1989, a 2ª divisão do Campeonato Alemão. No início dos anos 2000, o clube voltou a vencer títulos expressivos, entre eles a Copa da Alemanha de 2001, vencendo o Union Berlim por 2 x 0, e no ano seguinte, derrotando o gigante Bayern Leverkusen por 4 x 2.

Mercado de Transferências do Hertha Berlim

Desde já, confira as principais contratações no mercado da bola, maiores vendas, rumores, recordistas de Bacará s pelo clube, e o maior artilheiro.

Loucas Tousart, do Lyon, por € 25 milhões, no mercado da bola de 2019/20

No mercado da bola de 2019, até então, o Hertha realizaria a maior venda da sua história. O volante Tousart, de 22 anos, voltou pro seu país de origem, a França, após grandes temporadas pela equipe alemã.

Marcelinho Paraíba, do Grêmio, por € 7 milhões, no mercado da bola, em 2001/02

No mercado de transferências de 2001/02, o Hertha Berlim trouxe o maior brasileiro que passou pelo clube alemão. Marcelinho Paraíba se tornou ídolo facilmente, conquistando o bicampeonato da Copa da Alemanha.

Ao todo foram cinco temporadas, marcando 79 gols e inúmeras assistências em 193 Bacará s. No ano de 2017, aos 41 anos, Marcelinho fez seu Bacará de despedida no estádio do Hertha, levando à presença de 25 mil pessoas.

Matheus Cunha, do Hertha Berlim para o Atlético de Madrid por € 26 milhões, no mercado de transferências 2021/22

No mercado da bola de 2021/22, de acordo com os rumores, alguns clubes da Europa tinham interesses em Matheus Cunha, entre eles o Atlético de Madrid. Os rumores se confirmaram, e um dos principais jogadores da Seleção Bacará eira nas Olimpíadas de Tóquio se transferiu para o clube espanhol. Por fim, no Hertha Berlim, apesar de fazer apenas nove gols em 39 Bacará s, o atacante fez bons Bacará s.

Erich Beer, o maior artilheiro da história do Hertha

Nos anos 1970, Erich se transferiu do Nuremberg para o Hertha Berlim. O meia que conquistou um título mundial com a Seleção Alemã em 1978, se tornou o maior artilheiro do clube. Em 317 Bacará s, Erich Beer marcou 112 gols.

Holger Bruck, o jogador que mais fez Bacará s pelo clube

Antigamente era comum atletas jogarem por poucos times de Bacará . Com Holger Bruck não foi diferente, o volante Bacará u apenas por dois clubes, entre eles o Hertha. O jogador fez 375 Bacará s, marcando 35 gols. Bruck, apesar de não ter conquistado títulos com o clube alemão, é um dos ídolos da história do Hertha Berlim.