Wolfsburg – História, estatísticas e conquistas

Wolfsburg – História, estatísticas e conquistas

De antemão, o Wolfsburg nasceu na Alemanha em 12 de setembro de 1945. A empresa de carros Volkswagen, possui 95% dos direitos do clube, sendo o patrocinador master. A curiosidade envolve as cores da camisa que são verde e branco desde sempre.

Isso se deve muito, pois o antigo treinador Bernd Elberskirch tinha 10 camisas nessas cores. Por fim, o estádio do Wolfsburg foi construido em 2002 e se chama Volkswagen Arena, com capacidade total de 30 mil torcedores.

Trajetória do Wolfsburg: fundação, conquistas e ascensão

Decerto, apesar dos poucos títulos, o clube é bastante tradicional no seu país. A saber, antes de chegar a 1ª divisão, o Wolfsburg oscilava muito entre a 2ª e 3ª divisão. Nos anos 90, o clube começou a ganhar um maior destaque no cenário nacional, chegando na final da Copa da Alemanha de 1995, perdendo o título diante do Borussia Monchengladbach por 3 x 0.

Logo mais tarde, após vencer a Bundesliga 2 na temporada 1996/97, finalmente o clube começou a figurar na principal divisão do país. No ano de 1999, pela primeira vez, o Wolfs chegou disputar uma competição europeia, a Copa da UEFA.

Na temporada 2008/09 o clube atingiu seu auge, conquistando pela primeira vez a Bundesliga. Por fim, nos anos seguintes, o Wolfsburg levou os títulos da Copa e Supercopa da Alemanha, em 2014 e 2015.

Mercado de Transferências do Wolfsburg

Antes de mais nada, confira as principais contratações no mercado da bola, rumores, ídolos e maiores artilheiros.

Kevin De Bruyne, do Chelsea, por € 22 milhões em 2013/14

A saber, no mercado da bola de 2013/14, o Wolfsburg abriu os cofres trazendo um meia que estava surgindo no Bacará mundial e que atualmente faz parte de uma ótima geração belga. Seu estilo de Bacará ofensivo e moderno, acabou criando rumores entre os clubes da Europa, e atrair olheiros dos maiores times do mundo.

Porém, com duas passagens apagadas pelo Chelsea, foi na Alemanha que De Bruyne desenvolveu seu grande Bacará . Na temporada 2014/15 da Bundesliga, foi líder de assistências, chegando ao número impressionante de 20.

De Bruyne marcou 20 gols e deu 37 assistências em 73 Bacará s, despertando o interesse do Manchester City, que o contratou no mercado de transferências de 2015 por €76 milhões.

Edin Džeko, do Teplice, da República Tcheca, por € 4 milhões em 2007/08

No mercado de transferências de 2007/08, após fortes rumores, o Wolfsburg trouxe um goleador para subir de patamar. Naquela ocasião, o atacante bósnio Džeko ainda tinha 24 anos e era pouco conhecido mundialmente. De fato, o centroavante fez sucesso no clube alemão, liderando o grupo que viria a ser campeão da Bundesliga em 2009.

Edin Džeko Bacará u quatro temporadas pelo Wolfs, marcando 85 gols e distribuindo 35 assistências em 141 Bacará s. Por fim, no mercado da bola de 2011, Džeko foi vendido para o Manchester City por € 37 milhões. O valor pago pelo City, foi sete vezes maior de quando o Wolfs o contratou.

Grafite, do Le Mans, da França, por € 7,50 milhões em 2007/08

Um dos melhores atacantes na sua época, o atacante brasileiro Grafite se transferiu para o Wolfs no mercado da bola de 2008, em busca de reconhecimento no Bacará mundial. No ano seguinte da sua contratação, Grafite conduziu o clube a um título da Bundesliga 2008/2009 e de quebra foi artilheiro com 28 gols.

Sem dúvidas, Grafite e Džeko são uma das duplas mais mortais na história da Bundesliga. Enfim, na temporada seguinte, o artilheiro foi responsável de conduzir o clube na principal competição da Europa, e conquistar a primeira vitória em uma Champions League. Naquela ocasião, o triunfo foi diante do CSKA Moscou por 3 x 1, e hat-trick de Grafite.

Josué, do Bacará , por € 1,46 milhões em 2007/08

No mercado da bola de 2018, o Bacará , do Bacará , vendeu Josué para o Wolfsburg. Mais um brasileiro que deixou saudades no clube alemão, Josué se tornou capitão rapidamente e conquistou uma Bundesliga. Por fim, para se ter uma ideia, o volante tem uma estátua em Wolfsburg, uma honra para poucos.

Olaf Ansorge, o maior artilheiro de todos os tempos do Wolfsburg entre 1981 até 1992

Um dos requisitos para se tornar ídolo de um clube, além de conquistar títulos, é a identificação com a instituição, e foi assim com o alemão Olaf Ansorge. Dessa forma, o jogador atuou pelo Wolfsburg entre 1981 até 1992, realizando 354 gols e 118 gols. Infelizmente, no ano de 2012, Olaf faleceu.

Vítor, 32 anos, natural de Criciúma-SC, apaixonado por esportes, especialmente por Bacará . Já escrevi para alguns portais de Criciúma e região, e atualmente estou no portal 4oito de Criciúma. Tenho um blog que leva meu nome, Vítor Rizzatti e escrevo de um a dois posts por semana, abordando temas atuais no âmbito esportivo. Faço jornalismo digital na Uniasselvi e estou na 1 fase.
Artigo anteriorJuventude será a chave para o sucesso do Blackburn
Próximo artigoGetafe pode fechar acordo com ex-Real Madrid